Developed in conjunction with Ext-Joom.com

Ativadas as Praças dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo

Chamamento por carros de som e articulação com as escolas das redondezas foram utilizados por representantes das Praças CEUs (Centros de Artes e Esportes Unificados) dos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo para conseguir mobilizar as comunidades para se apropriar desses espaços. 

Esses centros integram, em um mesmo espaço, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais e políticas de prevenção à violência e de inclusão digital. O objetivo é promover a cidadania em territórios de alta vulnerabilidade social das cidades brasileiras. O programa é resultado da parceria entre ministérios da Cultura, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Esporte, Justiça e  do Trabalho e Emprego.

As experiências de Niterói, Maricá e Petrópolis foram apresentadas no evento de ativação regional, realizado pela Coordenação Geral de Mobilização Social e Gestão da  Diretoria de Programas Especiais de Infraestrutura Cultural do Ministério da Cultura (MinC) em parceria com a Prefeitura Municipal de Niterói, na quinta-feira, (11/6), das 9h às 18h, em Niterói (RJ).

Participaram da atividade o diretor de infraestrutura cultural do MinC, Germano Ladeira, a coordenadora da Representação Regional do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro e do Espírito Santo, Valquíria Dias, o diretor do Ministério do Trabalho e Emprego, Rafael Galvão, a diretora do Ministério do Esporte, Andreia Ewerton, a técnica do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Cristiana Gonçalves de Oliveira, a secretária municipal de Assistência Social (representando o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves), Verônica Lima, o vereador Andrigo Carvalho, o presidente da Fundação de Artes de Niterói, André Diniz e o administrador regional de Jurujuba (Niterói/RJ), Augusto Torres e representantes dos municípios de Araruama, Campos dos Goytacazes, Macaé, Mesquita, Niterói, Petrópolis, Resende e Volta Redonda. 

Durante a abertura do evento, a secretária Veronica Lima enfatizou a importância de se ter um equipamento em um bairro onde não havia nenhum outro e ressaltou a necessidade de se ter mais unidades na região norte da cidade. O município aguarda novas seleções do governo federal.

Segundo Germano Ladeira, o MinC pretende apoiar, juntamente com os ministérios parceiros, a programação e a ocupação desses centros. "Estamos trabalhando com programas de qualificação à distância, que poderá acontecer a partir das Praças. Também podem ser oferecidos serviços do SINE (Sistema Nacional de Emprego) neles, em eventos periódicos, já que não há estrutura física para isso", afirmou o diretor da secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego, Rafael Galvão. 

Um tema levantado no debate foi a necessidade de se levar o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) do governo federal para estes centros, efetivando seu papel de equipamento de formação. A experiência de Petrópolis (RJ), por exemplo, apresentada pelo coordenador do CEU, Leonardo Fragoso, demonstrou que as escolas da região "abraçaram" o local, levando para lá programação cultural, escolar e de eventos. 

Na Praça de Niterói, o coordenador Márcio Kerbel também apontou que a presença da escola ao lado é uma grande potencialidade. "Fizemos um sarau fantástico no cineteatro, organizado pela biblioteca, que é a primeira biblioteca pública da região, integrando as atividades dos diversos espaços da praça. Estamos trabalhando num projeto de memória para desenvolver junto com a UFF (Universidade Federal Fluminense)", contou. 

O membro do grupo gestor de Maricá, Raoni Pontes, citou a parceria com as escolas municipais destacando que "ali antes era um local abandonado e, com as crianças, trouxemos vida ao espaço".

Atividades como a de hoje deverão ser realizadas em outras regiões do país ao longo do ano, com objetivo de definir estratégias para promoção do programa e maior integração entre o MinC e equipes locais das unidades já em funcionamento.

 

Camila Campanerut

Assessoria de Comunicação

Ministério da Cultura

 

Confira aqui o relatório completo da Ativação

Acesse abaixo as apresentações do MinC e parceiros:

Apresentação DINC - Atas

Apresentação DINC - Mobilização

Apresentação Ministério do Esporte - SNELIS

Apresentação Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Apresentação Representação Regional RJ e ES